2133 dias!
Ingrid Bettencourt era senadora na Colombia e candidata à presidência quando foi sequestrada em 23 de fevereiro de 2002 pelas FARC. Ainda hoje está em poder de seus sequestradores.
Tudo porque não fazia concessões à corrupção e à delinquência, tudo porque representava uma nova postura cidadã de correção e dignidade.
Estranhamente se fala pouco de Ingrid no Brasil. Apesar da proximidade e de tantos ideais e problemas condivididos. Ela é muito conhecida na Europa, mas aqui, seus vizinhos a esqueceram. Talvez seja comodo fazer de conta que ela e os valores que representa não existam mais. Ficaram na selva, sequestrados.
Hoje se libertam alguns prisioneiros e se festeja a "boa vontade" dos guerrilheiros. Gostaria de ver mais boa vontade, mais sequestrados, todos, de volta a suas casas e famílias, gostaria de ver livre Ingrid Bettencourt. São mais de 3000 pessoas.
Isto porque em um continente tão complexo como a America do Sul, onde povos e histórias ainda se confrontam, seria bom ouvir que valores verdadeiros como cidadania, liberdade e direitos, valem mais do que droga, tráfico, corrupção e interesses escusos. E que a voz de uma mulher justa, calada na selva colombiana, ainda ecoa, mesmo amordaçada.

( PS: para quem se interessar: "Coração Enfurecido" é o título do livro escrito por ela, publicado em 2001)
Feliz tudo!
Hoje, véspera do Natal, resolvi deixar aqui uma mensagem para aqueles que durante este ano tiveram a paciência de ter lido alguma coisa deste blog.
Para desejar um Feliz Natal, fiz uma listinha que segue abaixo:
Primeiro, muito obrigada. Ter tido o privilégio do seu tempo é um presente imenso. Digo tempo, porque é o verdadeiro patrimônio de cada um de nós. Nosso tempo. Mesmo que seja uma ilusão, uma noção errônea devida ao nosso cérebro animal, é assim que percebemos nossa vida, como algo que passa e acaba. Portanto, ter tido um pouco de seu tempo foi uma honra.
Em segundo, desejo que cada um de vocês possa ter ainda mais tempo, para sonhar, para criar, para aquilo e para quem acreditam ser importantes. Que vocês todos possam ter futuro.
Esta é uma palavra que eu gosto muito: futuro. Porque ele começa já, bem agorinha. Apesar de ser um tempo irreal, é algo que pode ser construído a partir de algo real, do presente.
Neste ano trabalhei muito com possibilidades, com riscos. Risco é uma coisa com um pé no presente e outra no futuro. É uma probabilidade de perigo. Muitos são evitáveis, a maioria, mas depende de ações concretas, de atitude.
E atitude é meu terceiro ítem da lista. Que nós possamos todos desenvolver uma certa atitude diante da vida, dos acontecimentos, e que possamos fazer escolhas e determinar o que vale e o que não vale a pena. Que nós tenhamos coragem para fazer as mudanças necessárias para garantir um futuro vivível. Que tenhamos a força para suportar as pressões, superar a inércia e vencer os medos. Que possamos aprender que ter responsabilidade é mais do que só sentir culpa, é ter a chance de FAZER.
Não sou uma grande crente, os anos me tornaram muito mais cética e até um pouco amarga. Mas quando olho nos olhos de minha filha, quando vejo seus amiguinhos, nasce uma certa esperança, uma vontade de acreditar no lado melhor do bicho homem.
E este é o quarto ítem, desejo que as pessoas possam ser melhores, e que estes seres melhores façam diferença, que sejam virulentos na sua bondade e contagiem toda a espécie irremediavelmente.
Feliz Natal, para quem acredita e para quem não. Que seja o nascimento de uma consciência de Universo, pois cada um de nós é parte de um todo e o todo depende de cada um.
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos, Italian, English, médica, mãe